Castelo de Paiva no Fórum Gastronómico de Girona

A gastronomia e os vinhos verdes do Tâmega e Sousa está em destaque em Espanha. Esta região é apresentada como o território convidado do Fórum Gastronómico de Girona, um dos mais importantes e prestigiantes eventos do circuito enogastronómico, que se está a realizar desde 19 a 21 de Novembro, no Palácio de Congressos e de Feiras de Girona, ficando a saber-se que, em Maio do próximo ano, esta região voltará a marcar presença no Grão Ducado do Luxemburgo, com uma grande iniciativa orientada para as promoção dos vinhos, gastronomia e produtos locais deste território, onde Castelo de Paiva está incluído.

seg 20 nov, Actualidade

Esta é mais uma acção promocional do território, desta feita no mercado espanhol, promovida pelo Consórcio “Tâmega e Sousa Internacionaliza”, constituído pelo Conselho Empresarial do Tâmega e Sousa, pela Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, pela Ader-Sousa – Associação de Desenvolvimento Rural das Terras do Sousa, pela Dolmen – Desenvolvimento Local e Regional e pela Escola Superior de Tecnologia e Gestão do Politécnico do Porto, tendo sido apresentada em Castelo de Paiva durante uma conferencia de imprensa realizada no espaço do Centro de Interpretação da Cultura Local, onde também marcou presença o presidente da autarquia paivense, Gonçalo Rocha.

Durante estes três dias, o stand do Tâmega e Sousa é palco de diversas mostras de produtos e sessões de “showcooking” de gastronomia regional, pela mão de dois conceituados “chefs” da região: António Pinto, de Baião, e Pedro Machado, de Lousada, contemplando a iniciativa a degustação dos pratos, confeccionados com produtos “Premium” da região, e com provas de vinho verde do Tâmega e Sousa. A doçaria típica, os enchidos, os queijos, as compotas e o mel são igualmente uma presença assídua no stand desta região, sendo que, paralelamente, serão dinamizados dois workshops de vinho verde, liderados pelos enólogos Jorge Mendes, da Quinta da Lixa, e Hugo Carvalho, da Casa das Hortas.
Na sua intervenção, o edil paivense elogiou esta dinâmica do Conselho Empresarial do Tâmaga e Sousa e as parcerias estabelecidas orientadas para a promoção do território e falou da vontade do município de Castelo de Paiva criar uma dinâmica turística forte, que possa ajudar a alavancar a economia local, abrindo janelas de oportunidade para que o território seja mais atractivo e tenha mais visitantes, potenciando mais emprego e riqueza no concelho, sublinhando Gonçalo Rocha que estas acções são importantes, nomeadamente agora em que o concelho vive tempos mais difíceis, depois da tragédia dos incêndios, esperando que se possam traduzir em mais apoio e benefícios também para o concelho, ajudando os produtores locais, as pequenas e medias empresas e a economia a fortalecer.
Deixando elogios a Gonçalo Rocha pela dinâmica de promoção do território que soube imprimir enquanto esteve na liderança da CIM do Tâmega e Sousa, o secretário geral do CETS, JPaulo Dinis falou desta e outras missões empresariais e de divulgação do território, referindo –se também à vontade de ajudar por parte da Câmara de Cooperação e Desenvolvimento Portugal – China, nomeadamente estes territórios afectados pelo flagelos dos incêndios, confirmando o dirigente a necessidade de se apoiar os pequenos empresários ligados ao produtos endógenos, enquadrados na temáticas dos vinhos e gastronomia, sendo ponto assente que, em Maio do próximo ano, a região voltará a marcar presença no Luxemburgo com um certame orientado para a promoção dos principais produtos da região
Recorde-se que com esta presença em Girona, é já a oitava ação de marketing territorial promovida pelo Consórcio “Tâmega e Sousa Internacionaliza”, depois de a região ter marcado presença na Fête des Vendanges de Montmartre, em França, na FIDMA – Feria Internacional de Muestras de Asturias, em Espanha, no Festival Arcu Atlánticu 2016 e 2017, em Espanha, e na BTL – Bolsa de Turismo de Lisboa, e de ter organizado uma mostra enogastronómica do Tâmega e Sousa no Consulado Geral de Portugal em Paris e a Feira Internacional de Gastronomia e Vinhos do Tâmega e Sousa, no Luxemburgo, sendo que, as acções promovidas pelo Consórcio “Tâmega e Sousa Internacionaliza” são cofinanciadas pelo Norte 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER – Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

mais notícias
GIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados