Câmara oferece Manuais Escolares a todos os alunos do 1º Ciclo

A Câmara Municipal de Castelo de Paiva, pelo quinto ano consecutivo, voltará a oferecer os Manuais Escolares obrigatórios a todos os alunos do 1º Ciclo de Ensino Básico do Concelho, que vão a ser distribuídos aos alunos das escolas neste início do ano lectivo, abrangendo os dois agrupamentos escolares existentes no concelho e contemplando cerca de 700 crianças, num investimento superior a 38 mil euros.



qui 3 set, Educação

O procedimento da distribuição dos Manuais Escolares aos alunos do concelho começa entre 14 e 18 de Setembro no edifício dos Paços do Concelho ( entre as 9 e as 19 horas ) , mas a edilidade paivense vai realizar na manhã do dia 14, pelas 10 horas, nas instalações municipais, uma cerimónia simbólica de entrega dos manuais escolares com a presença dos responsáveis dos agrupamentos escolares, onde o presidente Gonçalo Rocha terá a oportunidade de saudar os docentes e os encarregados de educação e abordar este benefício escolar que contempla mais de setecentos de alunos.
Apesar dos constrangimentos financeiros que assolam as autarquias, Gonçalo Rocha mostrou-se sensível às dificuldades que as famílias vivem e os encargos escolares que são obrigadas a suportar, daí evidenciar que este programa de oferta de manuais escolares, “apresenta-se como uma acção direccionada ás famílias, integradas numa forte aposta na educação e na valorização escolar por parte da CM de Castelo de Paiva e que constitui um claro apoio do Executivo Municipal na difícil missão de instruir e educar as nossas crianças”.
O autarca paivense mostrou-se convicto que, desta forma, a edilidade está a dar um excelente contributo para o reforço dos laços entre famílias, e a escola e toda a comunidade educativa, sendo que, esta é uma medida de grande alcance social, que representa um considerável contributo para ajudar as famílias paivenses, nestes tempos de dificuldades financeiras e económicas que, com gesto municipal, terão oportunidade de poupar dinheiro e aplica-lo noutras necessidades.
O presidente Gonçalo Rocha faz questão de evidenciar que, “ desde que assumimos a gestão camarária, elegemos com eixo fundamental da nossa acção governativa, as politicas educativas e sociais ”, destacando depois que, “ são eixos fundamentais de valorização humana, que queremos manter, apesar da gravíssima situação financeira do município que herdamos, e das enormes restrições impostas pela Administração Central, que nos obrigam, todos os dias, a um esforço colossal para honrarmos os nosso compromissos”.
Sendo que a “educação é sempre a melhor escola”, o autarca da Castelo de Paiva realçou que o Executivo que preside não regateará esforços, no sentido de ajudar a manter este apoio escolar, na medida em que ninguém ficará impedido de ter acesso á educação, sendo uma das preocupações primárias garantir sempre as melhores condições de aprendizagem aos alunos paivenses, porque sendo “nas dificuldades que se vê a diferença”, importa ganhar esta aposta, porque “um concelho sem jovens não tem vida, não tem futuro, e nós queremos esta ao lado dos jovens e saber fazer a justa avaliação entre o presente e o futuro”.
Destacando a importância desta cerimonia protocolar, num tempo de dificuldades, de crise económica e de valores, em que a solidariedade e a interacção institucional servem, indubitavelmente, para suavizar preocupações e dificuldades de um numero cada vez mais significado de alunos e famílias, o Executivo Paivense mantém a aposta no sector da Educação, como um investimento prioritário e contínuo na melhoria das condições de acesso ao ensino, porque só assim é que Castelo de Paiva pode crescer e alcançar no futuro um desenvolvimento sustentado.
Essa aposta na Educação faz-se com a reabilitação e a reorganização da rede de escolas, melhorando as condições de ensino e de aprendizagem, dinamizando as actividades enriquecedoras do currículo e das aprendizagens, consolidando a acção social escolar, assegurando as medidas de desenvolvimento da acção municipal na área da educação e no âmbito da promoção da igualdade de oportunidades no acesso e sucesso escolar.
“ Entendemos a disponibilização gratuita dos manuais escolares aos alunos do 1.º ciclo como uma medida de grande alcance social, de modo a suavizar as despesas com a formação escolar das crianças, numa altura em que as condições económicas das famílias se agravam, sujeitas que estão a medidas de austeridade difíceis de suportar “, refere o autarca de Castelo de Paiva, que realça que a medida tem ainda como objectivo assegurar uma educação mais equitativa e mais igualdade no acesso aos instrumentos educativos, numa etapa muito importante no crescimento de cada criança.
“ Com a proposta de fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para a melhoria das condições de escolaridade dos nossos alunos e restante comunidade educativa “, o presidente da CM de Castelo de Paiva deseja a todos um excelente ano lectivo de 2015/2016, e que, neste período de dificuldades, saibamos enfrentar, com ânimo e esperança, os obstáculos e contrariedades que se nos deparam, numa vontade forte de construir um Futuro cada vez melhor.

mais notícias
GIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados