CDOS de Aveiro Alerta para Perigos de Mau Tempo

O Comando Distrital de Operações de Socorro / CDOS de Aveiro, no seguimento de contactos com o Instituto Português do Mar e da Atmosfera ( IPMA ) e através do CNOS da Autoridade Nacional de Protecção Civil, lançou hoje um aviso à população relativamente à situação meteorológica actual, destacando para os próximos dias forte precipitação, trovoada e ventos de grande intensidade e agitação marítima.

 

sex 9 mar, Informação Oficial

De acordo com informação disponibilizada pelo IPMA, prevê-se para os próximos dias um agravamento das condições meteorológicas, nomeadamente precipitação forte, trovoada, intensificação do vento com possibilidade de registo de fenómenos extremos, e agravamento da agitação marítima em toda a costa

A precipitação será forte e persistente em todo o território a partir de hoje à tarde e previsivelmente até Domingo (11 mar), em especial no Minho e Douro Litoral, podendo abranger também os distritos de Vila Real, Viseu e Aveiro. Os valores acumulados podem atingir os 40-60 mm/12 horas, com o período mais crítico a ocorrer entre as 15 horas e as 21horas de amanhã.

Como medidas preventivas, a ANPC aconselha a adopção de comportamentos adequados por parte da população como forma de mitigar o efeito do mau tempo na normalidade de vida das pessoas, designadamente nas zonas historicamente mais vulneráveis do território, pelo que se insiste para que se possa garantir a desobstrução dos sistemas de escoamento das águas pluviais e retirada de inertes e outros objectos que possam ser arrastados ou criem obstáculos ao livre escoamento das águas, bem como adoptar uma condução defensiva, reduzindo a velocidade e tendo especial cuidado com a possível acumulação de neve e formação de lençóis de água nas vias, assim como não atravessar zonas inundadas, de modo a precaver o arrastamento de pessoas ou viaturas para buracos no pavimento ou caixas de esgoto abertas, garantindo uma adequada fixação de estruturas soltas, nomeadamente, andaimes, placards e outras estruturas suspensas.

Por outro lado, recomenda-se especial cuidado na circulação e permanência junto de áreas arborizadas, estando atento para a possibilidade de queda de ramos e árvores, em virtude de vento mais forte, bem como ter especial cuidado na circulação junto da orla costeira e zonas ribeirinhas historicamente mais vulneráveis a galgamentos costeiros, evitando se possível a circulação e permanência nestes locais; assim como não praticar actividades relacionadas com o mar, nomeadamente pesca desportiva, desportos náuticos e passeios à beira-mar, evitando ainda o estacionamento de veículos muito próximos da orla marítima e estar sempre atento às informações da meteorologia e às indicações da Protecção Civil e Forças de Segurança.

No comunicado à população, a ANPC refere os efeitos expectáveis em função da previsão da evolução das condições meteorológicas dos próximos dias, bem como as medidas preventivas que devem ser assumidas, nomeadamente evitando situações de risco, destacando as possibilidades de inundações em meio urbanos e estruturas urbanas subterrâneas, transbordo de linhas de água em zonas mais vulneráveis e pisos escorregadios, bem como os cuidados a ter com determinados grupos populacionais mais frágeis e vulneráveis.

mais notícias
Contadores Inteligentes de EletricidadeGIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioPiscinaContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados