Gonçalo Rocha defende Rede de Transportes Alargada

O presidente da Câmara Municipal de Castelo de Paiva defendeu esta semana, durante a visita do Ministro do Planeamento e Infraestruturas, que se devia começar a pensar seriamente no prolongamento do Metro do Porto para a zona sul do concelho de Vila Nova de Gaia, para garantir melhores transportes públicos a quem vive no extremo norte do distrito de Aveiro para a Área Metropolitana.

ter 30 out, Informação Oficial

Na sua intervenção na cerimónia da inauguração da fábrica de calçado Arda, o edil Gonçalo Rocha referiu a importância de ser criar uma Interface de Transportes, a sul do Grande Porto, localizado junto a Espinho, Santa Maria da Feira ou até em São João da Madeira, potenciando que a população paivense e outros, pudessem deixar a viatura e apanhar o metro ou outro transporte publico mais rápido e económico para a região do Grande Porto.

O autarca de Castelo de Paiva assinalou as vantagens dos cidadãos do norte do distrito do Aveiro terem assim, melhores condições de acessibilidade, aos cuidados de saúde através dos hospitais centrais, às universidades e a todo um conjunto muito vasto de serviços que existem na área urbana do Porto, criando-se um eixo de mobilidade mais rápido e eficaz para todos, admitindo ainda, que se trata de um projecto para se pensar, numa perspectiva de futuro, considerando ser um sonho, uma ambição, que devia suscitar o debate e interesse para ser incluído na agenda do próximo quadro comunitário.

Gonçalo Rocha insiste que esta ideia “faz todo o sentido” para o território paivense, situado a cerca de 50 quilómetros do centro do Porto, porque com a conclusão da Variante à EN 222, assumida pelo Governo e para a qual já foi lançado concurso de execução do projecto, ficará assegurada uma ligação rápida do concelho à rede nacional de auto-estradas, através da A32 na zona de Canedo, em Santa Maria da Feira, considerando ser importante, depois de concluída esta acessibilidade rodoviária, pensar numa Interface nesta região a sul do Grande Porto, de modo a criar uma porta de entrada e de acesso aos transportes urbanos da Área Metropolitana.

A propósito, e neste contexto, o edil recordou que, recentemente, o Governo lançou o Passe Social para reduzir os custos da mobilidade das pessoas no Grande Porto e na Grande Lisboa e, associado a isso, também há uma preocupação crescente do Ministro do Ambiente, que tem como objectivo reduzir o dióxido de carbono nas cidades e a circulação de automóveis, daí defender esta ideia de mobilidade, que transmitiu ao Ministro Pedro Marques, que esteve em Castelo de Paiva para inaugurar as obras de recuperação de uma empresa de calçado que tinha sido destruída pelo terrível incêndio de Outubro de 2017.

mais notícias
Contadores Inteligentes de EletricidadeGIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioPiscinaContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados