Orçamento e as Grandes Opções do Plano para 2018 foi aprovado

Depois já aprovado pela Câmara Municipal de Castelo de Paiva, em recente reunião ordinária, o Orçamento e as Grandes Opções do Plano para o próximo ano, traduzido num valor de 19. 013. 350,57 (dezanove milhões, treze mil e trezentos e cinquenta euros ), foram agora submetidos à apreciação da Assembleia Municipal, na ultima reunião de 2017, para aprovação final, tendo estes documentos de gestão sido validados pelos votos da maioria socialista.

qui 4 jan, Informação Oficial

Evidencia-se a continuidade de uma politica de rigor financeiro e de boas contas, mas o apoio às famílias paivenses continua a ser o principio fundamental da acção do Executivo Municipal liderado por Gonçalo Rocha, sendo que, o próximo Plano de Actividades apresentado e aprovado pela autarquia, destaca medidas de grande alcance social, que representam um grande apoio e alivio para tantos agregados familiares que vivem com mais dificuldades.

Neste novo Plano e Orçamento, já aprovado ao nível da Câmara e Assembleia Municipal, destacam-se importantes iniciativas que o Executivo Municipal quer concretizar, evidenciando-se o reforço das medidas sociais de apoio às populações e na área da educação, desde a infância até à terceira idade, a dinamização de projectos de reabilitação urbana no concelho, a melhoria da rede viária interna, a requalificação das frentes ribeirinhas com potencial turístico, com a construção do Parque Urbano do Choupal, em Pedorido, e implementação dos Percursos Pedestres “ Viver Payva Douro “, para além da criação de medidas de promoção económica, assim como atracção de investimento, essenciais para a criação de emprego e de riqueza no concelho.

Os grandes objectivos da edilidade paivense, ao nível do plano de intervenção para o próximo ano, orientam-se para projectos de regeneração urbana, requalificação dos espaços públicos, requalificação da floresta e espaços verdes, melhoria das acessibilidades, prestação de serviços de redes de infra-estruturas municipais, acolhimento empresarial e cativação de investimento, qualificação das frentes ribeirinhas, promoção turística, dinâmica económica e promoção de emprego, para além da promoção cultural articulada com iniciativas relacionadas com desporto e juventude e reforço das apostas na acção social, na educação e na saúde para todos.

Este será um ano de reforço da aposta na requalificação da rede viária e na garantia de melhor mobilidade em Castelo de Paiva, e na educação a aposta do município vai se traduzir na melhoria do parque escolar e na garantia de actividades complementares, sendo que, as estratégias definidas pelo Executivo Paivense concretizam-se através de acções que visam, acima de tudo, melhorar a vida dos paivenses, estando garantida a continuação do apoio às famílias através de um alivio no Imposto Municipal sobre Imóveis ( IMI), garantindo maior disponibilidade financeira e uma das taxas mais baixas do país, opção que o edil paivense tomou desde o inicio do mandato e que não esteve sujeita a calendários eleitorais.

Através de múltiplas iniciativas, o Executivo Municipal liderado por Gonçalo Rocha, ao longo do ultimo mandato, esforçou-se por suprir as omissões existentes no plano da dinamização económica, da valorização do património, da promoção da sustentabilidade ambiental, do reforço das respostas sociais, da animação cultural e do estimulo ao exercício pleno de cidadania, sempre com medidas introdutoras e incitadoras de bons resultados imediatos, recordando o autarca o flagelo terrível dos incêndios que também arrasou o concelho, contabilizando-se enormes prejuízos no território, daí o apoio constante que continuará a ser protagonizado por diversas formas a todos os que sofreram directa ou indirectamente com esta tragédia.

Sublinha-se que, é prioridade do actual Executivo Municipal continuar a apoiar, quer através de acções directas ou através de medidas concertadas com outras entidades ( IEFP, Segurança Social, IAPMEI, CCDRN ) todas as iniciativas que visem não só a protecção social/ económica de quem precisa, mas sobretudo apoiar iniciativas de investimento dos agentes económicos do concelho.

Para o presidente da edilidade, Gonçalo Rocha, importa estar preparados para o novo ciclo de investimento que se avizinha, sendo que, a opção assumida para o ano de 2018, vem ao encontro das politicas de rigor e de transparência, sustentadas na afirmação do progresso e no reforço da competitividade, promovendo mais e melhores respostas às necessidades do Município e da população paivense, sendo que, para o autarca, este documento "reflecte a continuidade da política de rigor, transparência e de boas contas municipais, do apoio social, da valorização do potencial turístico como factor de atractividade, da aposta na educação, da forte proximidade às famílias e do investimento controlado, essencial e de qualidade, sempre na perspectiva da melhoria do nível da qualidade de vida dos paivenses “.

mais notícias
Contadores Inteligentes de EletricidadeGIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados