Visita ao Percurso Viver o Douro

No âmbito da estratégia turística “ Viver Payva Douro “, o município de Castelo de Paiva vai abrir amanhã, um pequeno troço do Percurso Pedestre, com passadiços em madeira, junto ao Rio Douro, um projecto que a autarquia local acredita ser decisivo para a afirmação e dinâmica turística do concelho, promovendo hoje de manhã, uma visita técnica para conhecer a estrutura, que contou com a presença dos autarcas locais, da equipa de projectistas, do presidente da CCDR Norte, Fernando Freire de Sousa, entre outros técnicos ligados ao projecto, jornalistas e convidados, como o conhecido actor António Capelo, e o empresário do Grupo de Calçado Carité, Reinaldo Teixeira.

sex 3 ago, Turismo

 

A obra do percurso ainda não está concluída, estando a sua inauguração agendada para mais tarde, mas para já, a autarquia paivense quer, neste inicio de Agosto, disponibilizar um pequeno troço onde está incluído o passadiço de madeira já concluído, para ser usufruído neste período de Verão, reservando a abertura total do percurso, até ao centro da freguesia de Sardoura, para mais tarde.

" Estão a ser ultimados os trabalhos que são necessários para abrir um pequeno troço já a partir de amanhã, porque temos a estrutura do passadiço completamente montada, e vamos continuar a trabalhar nas travessias das linhas de água e na colocação de painéis informativos e miradouros “, referiu o presidente da Câmara Municipal, Gonçalo Rocha, que insistiu na ideia de, potenciar que as pessoas possam aproveitar para conhecer e utilizar o percurso que já está disponível para fazer caminhadas junto ao Douro, valorizando esta plataforma de madeira ao longo da margem esquerda do Douro que dá início ao percurso pedonal que, quando estiver concluído na totalidade, vai apresentar uma extensão de cerca de dez quilómetros.

O autarca paivense disse acreditar que, o impacto mediático que este projecto turístico está a conquistar, fará com que, muitos turistas possam apreciar este produto turístico e queiram passar por Castelo de Paiva, recordando que o maior operador nos passeios fluviais também é parceiro deste projecto, considerando que esta estrutura turística, é um produto genuíno, diferente de outros que existem na nossa região, e que poderá traduzir-se num grande sucesso para Castelo de Paiva.

 

Evidenciando que este primeiro troço, que amanhã será aberto ao público, já dará uma perspectiva da riqueza que este percurso apresenta, o autarca refere que, “ este será um trilho emblemático, uma obra fantástica que vai dar a oportunidade de usufruir da natureza, com a paisagem deste rio, que é única, destacando-se a beleza natural, a riqueza da fauna e da flora ", sem esquecer que será uma alavanca muito importante para promover o turismo local e criar dinâmica económica no concelho “.

Gonçalo Rocha reconhece que, a obra está um pouco atrasada face à programação inicial, mas mostra-se satisfeito por ser possível abrir já este primeiro troço, ligando a Praia Fluvial do Choupal, na localidade de Pedorido, também com obras de requalificação em curso, para onde está previsto um parque de estacionamento, até à zona onde está situado o hotel de luxo que existe a montante, em Fontaínhas / Raiva, também na zona ribeirinha do Douro, faltando ainda muito trabalho a realizar nas próximas semanas, com a colocação de pontes nas linhas de água, miradouros, painéis informativos, outra sinalética de segurança.

O presidente da CCDR Norte, Fernando Freire de Sousa, mostrou-se agradado com o que viu, e disse acreditar no sucesso da obra quando o troço estiver finalizado e com todas as condições, podendo ser um produto turístico que cative muitos visitantes, associados ao interesse da paisagem, e aos produtos endógenos do concelho, como a gastronomia e os vinhos verdes e tantas outras potencialidades que o território apresenta e que devem ser aproveitadas como um complemento de oferta.

As caminhadas nas primeiras centenas de metros serão sobre um passadiço em madeira, ainda com cheiro a novo, que contorna as formas do rio, por entre a vegetação da margem esquerda, com muros em xisto, e na qual também não faltam as sombras proporcionadas por alguns sobreiros propositadamente mantidos no percurso, como que à espera das fotografias da paisagem e o percurso vai ser contemplado com três miradouros panorâmicos, também em madeira, projectados sobre o espelho e água, que são inspirados na história e tradições do Rio Douro, estruturas em madeira que vão enriquecer o percurso, com vistas para a Serra da Boneca, para os maciços rochosos de Midões e para a margem direita do rio, sem esquecer a possibilidade de conhecer as aldeias tradicionais de Midões e Gondarém, com as suas casas em xisto, características deste território, uma oportunidade para contactar com os costumes e tradições das povoações ribeirinhas de outrora.

Para já o presidente Gonçalo Rocha destaca a importância deste projecto, complementado com outros previstos para o concelho, considerando que poderá significar, "de uma vez por todas", a afirmação de Castelo de Paiva como ponto de elevado interesse turístico no contexto da Região Norte, e servirá para projectar ainda mais o município, com evidente valorização das marcas e tradições de uma terra com enorme potencial aos mais diversos níveis.

No âmbito desta visita, o edil paivense e o presidente da CCDR Norte, ainda tiveram tempo de conhecer as novas instalações da nova fábrica de calçado na Portela – Raiva, recuperada dos incêndios de Outubro de 2017 e agora pertencente ao conhecido Grupo Carité, de Felgueiras, que teve a ousadia de assumir este investimento depois da tragédia e vai retomar a laboração em Setembro próximo, voltando a garantir emprego a mais de 80 trabalhadoras locais, assim como passaram na unidade fabril Capaventure - Equipamentos para Lazer e Tempos Livres, na Zona Industrial de Lavagueiras, uma empresa jovem e de grande sucesso, que tem a particularidade de exportar 99% da sua produção.

mais notícias
Contadores Inteligentes de EletricidadeGIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioPiscinaContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados