Aprovada a conta de gerência de 2019 da Câmara Municipal de Castelo de Paiva

Depois de aprovados pelo Executivo Municipal, liderado por Gonçalo Rocha, os documentos relativos à “ Prestação de Contas “ da Câmara Municipal de Castelo de Paiva referente ao ano de 2019, foram também validados, por maioria, na recente sessão da Assembleia Municipal, presidida por Gouveia Coelho, onde se realça o trabalho notável da redução da dívida global da autarquia paivense, em cerca de 57%, circunstância que apraz registar, e que é demonstrativa de que tem sido profícua a acção desenvolvida pelo município, em matéria de controlo de endividamento autárquico.

sex 3 jul, Informação Oficial

DÍVIDA GLOBAL REDUZIDA EM 57%

APROVADA A CONTA DE GERÊNCIA DE 2019 DA CÂMARA MUNICIPAL DE CASTELO DE PAIVA

Depois de aprovados pelo Executivo Municipal, liderado por Gonçalo Rocha, os documentos relativos à “ Prestação de Contas “ da Câmara Municipal de Castelo de Paiva referente ao ano de 2019, foram também validados, por maioria, na recente sessão da Assembleia Municipal, presidida por Gouveia Coelho, onde se realça o trabalho notável da redução da dívida global da autarquia paivense, em cerca de 57%, circunstância que apraz registar, e que é demonstrativa de que tem sido profícua a acção desenvolvida pelo município, em matéria de controlo de endividamento autárquico.

No documento, agora aprovado, destaca-se que o facto de ter sido conseguida uma redução da dívida municipal em aproximadamente 700 mil euros, sendo que, a taxa de execução da receita situa-se nos 63 % e a da despesa nos 60 %, sendo que o saldo da gerência é de 663 euros.

Sobre a execução de apenas 60% da despesa de capital, tal ficou a dever-se ao facto de algumas obras importantes para o concelho, cuja previsão de início era em 2019, só puderam avançar em 2020, após a verificação de alguns atrasos na aprovação das candidaturas, condicionando o inicio de empreitadas importantes para o desenvolvimento do concelho.

No que se refere à receita, o grau de execução da receita corrente foi de 70 % e a de capital foi de 54 % totalizando o grau da receita em 62%  “ o que demonstra que o orçamento municipal para o ano de 2019 foi um orçamento realista, adequado às necessidades e realidades concelhias, tendo sempre presente, como não podia deixar de ser, a situação financeira do município, a qual, não sendo favorável, não é, como já se pretendeu fazer crer, impeditiva de realizar investimento e de fazer obra”, destaca o edil local, referindo o documento agora apresentado.

As despesas pagas no exercício em análise foram no valor de 16.444.476 euros, enquanto a receita arrecadada e cobrada apresentou um valor total de 17,107,758,27 euros, e desta forma, o saldo de gerência orçamental deste ano em análise foi de 663 mil euros.

A finalizar, o resultado líquido do ano de 2019 foi de 804 mil euros, “ demonstrando assim que todas as premissas do orçamento do ano em causa foram cumpridas, lançando bases para um maior investimento no futuro ao mesmo tempo que se assegura a segurança financeira municipal, sem menosprezar o investimento possível e necessário, bem como a importância que se tem dado à área social.

Em 2009, o prazo médio de pagamento da edilidade paivense era de 515 dias, mas o actual Executivo Municipal tem conseguido reduzir esse prazo e, no encerramento do exercício de 2019, esse período está fixado nos 94 dias, sendo que, a autarquia conseguiu já em Fevereiro deste ano ultrapassar esse atraso.

Por outro lado e atendendo à complexa e difícil situação que estamos a viver, em matéria de apoio social, na mesma reunião do Executivo Municipal, o presidente da edilidade Gonçalo Rocha, realçou as medidas já anunciadas de apoio à população e empresas do concelho nesta altura difícil de combate à pandemia do vírus COVID19, afirmando que, “ a CM fará tudo que estiver ao seu alcance para ajudar os paivenses a ultrapassar esta crise e para os ajudar neste difícil período das nossas vidas ”.

mais notícias
GIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioContactosPiscina
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados