Município

 


Esta freguesia situa-se na margem esquerda do Rio Paiva próxima da confluência deste rio com o Douro, e fica a cerca de 4 km do centro da vila. Tem cerca de 1598 habitantes. Nas primeiras inquirições realizadas surge como parte final de Paiva e a sua paróquia foi formada no século X, sendo S. Paio (hoje S. Pelágio) o seu padroeiro. O lugar do Castelo, na foz do Rio Paiva que ali se junta ao Douro, foi um antigo porto fluvial que servia uma vasta região e já era referido num documento relativo ao ano de 1423. Este porto fluvial tinha um intenso tráfego, visto que servia todo o Vale do Paiva, as terras de Paiva, de Cinfães e algumas localidades do vizinho concelho de Arouca. Sobranceiro ao lugar do Castelo, onde hoje foram concretizadas diversas estruturas de lazer, localiza-se a Ilha do Castelo, a única em todo o percurso nacional do Douro. A forma deste ilhéu, propriedade municipal desde 1991, lembra uma velha fortificação ou posto de vigia, mas há quem diga que, outrora existia uma mina, construída pelos mouros, que estabelecia uma ligação à Capela de Escamarão, na freguesia de Souselo, situada na outra margem do Paiva. Recentemente, após uma intervenção arqueológica, foram descobertos na ilha, os restos de uma ermida do século XV, que pode ser admirada por todos aqueles que procuram esta zona, de inconfundível beleza, para momentos de descanso e lazer.


 

mais notícias
GIPFarmáciasBombeirosMunicípioVeterinárioContactos
Desenvolvimento
Castelo de Paiva 2013
Todos os direitos reservados